A nossa história

O nosso caso

A nossa história

Lembro-me como se fosse ontem... Uma amiga nos apresentou em sua casa. Eu tinha ido passar a tarde com ela e ainda era jovem, não conhecia muito da vida adulta. Quando ele chegou à mesa conosco e ficamos frente a frente foi impossível negar que algo rolou. A magnetude entre nós e a energia que senti emanando dele foi inexplicável. Sua aparência, seu cheiro, seu gosto, tudo me atraía.

De lá pra cá, foram anos de relação. Ele esteve ao meu lado em todos os momentos dos quais me lembro. Nas horas boas e nas ruins. Me apoiando, me dando forças para continuar sempre que pensava em desistir. Ele era o primeiro que vinha à minha mente quando acordava e ainda é até hoje. É o terceiro dia sem ele. Dói. Me faltam palavras para descrever. Ainda não caiu a ficha. Levanto-me e vou até a cozinha devagar, caminho com medo da cena que irei encontrar. Abro a despensa mais uma vez para ter certeza de que o erro foi meu, e ainda me custa a acreditar que ele não está ali. Fui ao mercado duas vezes na semana passada e como foi que esqueci de comprar pó? Não sou nada sem meu café.