Raio de Sol

Raio de Sol

Raio de Sol

Loira, os cabelos brilhavam naquele sol forte e ela dançava sozinha com o sorvete escorrendo na mão gordinha. Como podia ser tão linda?

Eu fiquei ali bem boba, só admirando. Eu mal lembro como ela cresceu tanto. O meu bebê, minha pequena Lanna.

Eu peguei ela no colo pela primeira vez quando tinha apenas alguns meses, com aquele nariz achatadinho que lembrava o do Henry, meu marido, eu achei uma gracinha. E chorona que sou já estava derretida por ela, já tinha certeza que era ela, minha filha.

Doamos nossa vida pra Lanna, ela foi e ainda é o nosso centro, é tudo, e como somos felizes com isso! Um pequeno ser que ilumina nossas vidas todos os dias.

Hoje cinco anos depois, eu só penso que faria tudo de novo. Encontraria ela e a traria pra casa.