O Jardim de Katayama

O Jardim de Katayama

O Jardim de Katayama

Yoshiro andava sozinho à noite pelo palácio. Estava entediado, ser um príncipe não era nada fenomenal e cada dia era mais fácil sair de seu quarto sem ser percebido pelos guardas. Ainda era jovem, mas não um garoto e essa proteção, a qual julgava desnecessária, o irritava.

Ele passeava pelos inúmeros corredores, quando houve o som de uma voz feminina cantando. Era doce e suave, tinha certeza que era sua irmã. Yoshiro segue em sua direção lentamente, não queria que ela o visse e se assustasse.

Ao chegar em um jardim interno do Palácio Katayama ele a vê, uma mulher linda, de cabelos longos e pretos, pele branca como a neve. Ela o olha e sorri, fazendo um sinal o chamando para se aproximar. Ao chegar ao seu lado, já era tarde demais para perceber, ali estava Jorogumo, um Yokai metade mulher e metade aranha. Yoshiro não teve tempo de correr, ele agora estava preso em fios de seda e seria, agora, uma deliciosa refeição.