Fujam da Terra

Fujam da Terra

Fujam da Terra

O planeta Terra vinha sendo estudado por alienígenas, que já haviam feito várias incursões aqui para pesquisar o comportamento dos humanos e a possibilidade de aprender algo com eles.

Uma singular aeronave pousou num país chamado Brasil. Após uma estada de quarenta dias, em que seus enviados andaram disfarçados em meio aos humanos, foi enviado um relatório para a central de pesquisas, no Jusperion.

Nesse planeta, existia uma espécie de rei que a todos governava. Ali tudo era otimizado e o aproveitamento dos recursos naturais chegava a quase 100%. Possuíam grande desenvolvimento tecnológico que abrangia a todos os cidadãos jusperienses.

-- Majestade, chegou o relatório da equipe Desbravador III. Narra que no país Brasil, onde pousaram, há abundância de recursos naturais, mas muito mal aproveitados. Apesar da grande quantidade e qualidade desses recursos, boa parte da população passa fome, em muitos lugares falta água, e em todos os governos há corrupção. Apesar disso, a população mais pobre gasta seu suado dinheiro em folias com o nome de “Carnaval”, onde bebem e pulam por vários dias e noites.

-- Corrupção? O que vem a ser isso?

-- Também não sei, majestade.

-- Procure no dicionário dos terráqueos o significado.

-- Aqui está. Num de seus dicionários diz que é o “ato ou efeito de subornar alguém para obter vantagens indevidas”.

-- Bom, vejo que não há nada a aprender com os terráqueos. Ordene o rápido retorno da nossa equipe, antes que se contaminem com esse comportamento estranho.