Jornadas

Jornadas

Jornadas

Estamos continuamente em percurso. Mesmo parados, deitados num sofá, determinados a não escutar os barulhos à volta e tirando uma tarde de folga, mesmo assim, estamos num percurso.

É tudo - sempre - um caminho. E os caminhos são sempre diferentes uns dos outros. Nunca repetimos uma jornada, mesmo que façamos aquele mesmo trajeto para aquele mesmo destino, porque somos outros a cada passo; a cada caminhar.

E há duas direções em que se pode ir. Para fora de onde estamos, descobrindo e se encantando com novos povos, lugares, culturas, O Mundo. E para dentro da gente, descobrindo e sorvendo sensações, sentidos, a Alma.  

Uma jornada para fora é uma viagem. 

Uma jornada para dentro é poesia. 

Essas duas grandes missões que se traduzem em grandes jornadas  - "Conhecer seu Planeta"  e "Conhecer a ti mesmo" - são intrinsecamente ligadas. Compreender esse nosso Planeta Terra em toda a sua deliciosa diversidade e quase indecifrável excentricidade nos ajuda a conhecer a nós mesmos e todo o Universo que em nossa alma habita.  Por outro lado, comprender nosso íntimo e todas as particularidades com que ele é feito nos ajuda a perceber com mais clareza nosso lugar na Terra e a conviver melhor com todos os seres que, por sua vez, nela habitam. O respeito mútuo nasce desse conhecimento.

É preciso celebrar e curtir os dois tipos de jornada.

Porque as duas direções são necessárias: para saber quem são os outros e para saber quem somos nós.